Carregando...

textos

Textos, pensamentos, devaneios e debates…

Estradas e pacotes

As pessoas e os caminhos da vida são como uma grande rede de estradas e de viajantes que por elas circulam. Somos estes viajantes, indo a lugares diferentes em direções [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , , | Leave a comment

A coluna não escrita

Então eu precisava escrever. Precisava porque o editor pediu, porque eu tinha que pagar as contas e porque a revista não podia ir para a impressão com um buraco vazio [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , , | Leave a comment

Começos e recomeços

Luz baixa e mesas vazias. Cadeiras de madeira de lei, móveis que tinham provavelmente saído de um antiquário. Móveis que tinham ranhuras do tempo, físicas. Pensei ali na hora que [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , , | Leave a comment

Dela

Dela A ela pertenciam todos, tudo. Adquiriu a gosto por viajar quando ainda pequena, porque teve que mudar-se muitas vezes por conta da profissão do pai, e com isso conheceu [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , , , | Leave a comment

Velho

Então havia esse velhinho, descendo a rua. Roupa engomada, chapéu antigo e vinco na calça social. Como se tivesse sido importado dos anos quarenta diretamente pra cá, pra essa rua. [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , | Leave a comment

Ela e o caos

Em tudo ela estava, em absolutamente tudo. Como o ar onipresente ela estava lá, deliciosamente em todos os lugares. Ia comigo – até quando não estava comigo – para o [ … ]

Posted in textos | Tagged , , | Leave a comment

Sobre mulheres

“Cuidado com mulheres envelhecidas que nunca foram nada a não ser jovens.” Bukowski, em “As Pessoas Parecem Flores Finalmente”

Posted in textos | Tagged , , | Leave a comment

Dias de sol

O rosto suave, o olhar cheio de amor e o corpo livre. Pernas longilíneas, braços que amam, sorriso que é música. Assim eu a via, toda vez que ela entrava [ … ]

Posted in textos | Tagged , , , , | Leave a comment

Esparadrapo

Como um doce sorriso bem construído pode esconder a dor, o sexo também muitas vezes põe uma fina capa de seda sobre o ressentimento. Os olhares magoados são substituídos por [ … ]

Posted in textos | Tagged , , | Leave a comment

Jazebel

Uma vez eu conheci uma mulher incrível. Jazebel, era o nome dela, tal qual a figura histórica e mítica. Lembro que achei o nome engraçado e comentei fazendo alguma piadinha [ … ]

Posted in textos | Tagged , , | Leave a comment